O que é Inbound Marketing?

Sumário
    Add a header to begin generating the table of contents

    Você já observou que a maioria dos métodos tradicionais de prospecção de clientes costuma forçar a barra para vender um produto ou serviço? Acontece que essa abordagem está totalmente defasada e costuma ser pouco efetiva.

    Então, que tal saber o que é Inbound Marketing? Já ouviu falar sobre isso? Leia este post que preparamos e deixe que essa estratégia te surpreenda.

    Conheça o Inbound Marketing

    Essa estratégia consiste em despertar, em um público-alvo, o interesse por determinada marca ou produto, mas do jeito mais natural possível, por meio da produção de conteúdo relevante na internet. Em regra, o usuário faz uma pesquisa, encontra um assunto interessante para ele e, no final da leitura, é direcionado, direta ou indiretamente, a entrar em contato com o site da empresa ou organização. A partir daí, começa um novo relacionamento.

    Esse tipo de marketing nasceu da necessidade urgente de inovação, visto que o formato tradicional já não surtia mais os resultados esperados. Afinal, para a maioria das pessoais, anúncios, panfletos ou outdoors, entre outras peças de marketing, já não são mais tão atrativos. E se o comportamento do consumidor mudou, as técnicas para atraí-lo também.

    Descubra o conteúdo certo para o seu público

    No Inbound Marketing, todas as pautas para a produção de conteúdos, como artigos, podcasts, vídeos e outros, são criadas com base no que o potencial cliente deseja saber. O que ele faz? Do que está precisando? Quais as suas expectativas, demandas e desejos? São apenas algumas questões consideradas pelo Inbound durante o planejamento de conteúdos.

    Ou seja, o maior diferencial estratégico desse tipo de abordagem é conhecer e aproveitar bem o perfil das pessoas que podem se interessar pelo seu produto. Isso faz todo sentido porque, se a ideia é conquistar alguém, o mínimo que você deve fazer é saber do que ele gosta, certo?

    Além disso, em vez de já falar diretamente sobre um produto ou serviço, tentando vendê-lo imediatamente, a ideia é oferecer informações secundárias, relacionadas à área de atuação da empresa, mas muito úteis para o público que se quer conquistar.  O conteúdo é disponibilizado e somente no final a atenção do leitor é direcionada para conhecer efetivamente a empresa, marca, produto ou serviço.

    E o sucesso desse processo depende da aplicação de algumas técnicas, como o SEO (que, traduzida, significa otimização de mecanismos de busca) para garantir um bom posicionamento do site. O Google, por exemplo, ao apresentar o resultado para uma solicitação de pesquisa feita no seu sistema de busca, leva em consideração as palavras-chave mais relevantes para a maioria das pessoas.

    Entenda as diferenças entre Inbound e Outbound Marketing

    As veiculações de Outbound Marketing (ou marketing tradicional) demandam interrupções na programação das mídias em que são inseridas. Assim, quando está assistindo a um programa de TV, o telespectador é obrigado a ver publicidade. O mesmo acontece com outros veículos, como rádio, jornal ou revista.

    Ou seja, a mensagem é imposta, invasiva e, muitas vezes, desagradável para o consumidor. Afinal, o que ele quer mesmo é assistir ao programa, com conforto e comodidade, sem chateação. O YouTube sabe disso: nessa plataforma, o usuário tem a opção de pular o anúncio com apenas um clique.

    Já o Inbound Marketing consegue ser mais discreto na hora de abordar o público. Afinal, a abordagem efetiva para a conversão em vendas só ocorre quando o lead está pronto para o fechamento do negócio. Antes disso, nem pensar.

    Outro diferencial é a possibilidade de mensurar mais facilmente os resultados de marketing digital. No Outbound, por mais atrativo que seja o outdoor, como você vai saber quantas pessoas contataram a sua empresa por conta dele? Missão impossível, não é?

    Já no Inbound, é possível acessar, em tempo real, estatísticas que apontam a taxa de conversões obtidas com determinação ação de marketing, entre outros indicadores essenciais para o desenvolvimento das campanhas. Assim, você poderá avaliar a efetividade da sua campanha: se uma ação não der o resultado satisfatório dá para mudar completamente a sua mensagem e reverter a situação.

    Planeje bem a sua estratégia de Inbound Marketing

    O Inbound Marketing possui 4 etapas e você precisa conhecer cada uma delas para entender o caminho que o consumidor percorre até a efetivação de uma compra.

    1. Atração

    A atração é o primeiro momento da conquista. Aqui, o usuário ainda não está pronto para comprar, mas quer buscar na internet conhecimento sobre assuntos que lhes sejam úteis. Nessa fase, o investimento recai sobre a produção de conteúdo para blogs e redes sociais.

    2.Conversão

    Nessa etapa, consideramos que o usuário já evolui no processo de conquista. É quando, por exemplo, ele deixa de ser visitante e assina a sua newsletter, o significa que ele se tornou um lead ou potencial cliente. A partir daí ele começa a ser alimentado com conteúdo por meio de uma estratégia de e-mail marketing.

    3.Fechamento

    A terceira fase é o fechamento. Se a equipe de marketing considerar que o lead está preparado para a compra, o time de vendas entra em campo com uma abordagem mais direta nesse sentido. Se ainda não é uma boa hora, o contato do lead volta para o nível de atração ou conversão.

    4.Fidelização

    A estratégia, nessa etapa, é não abandonar o cliente depois que ele adquire o produto. Afinal, para chegar até aqui, foi necessário um investimento significativo. E mais: quem comprou uma vez pode voltar a comprar outras vezes, sobretudo se já estiver engajado com a marca.

    Na realidade, você pode até ficar satisfeito com as conversões realizadas, mas é imprescindível fazer com que se multipliquem e, principalmente, construir um relacionamento duradouro do seu negócio com o seu lead.

    Fique esperto para não cometer erros

    Para que o seu planejamento de Inbound Marketing tenha sucesso, você precisa evitar os erros apontados a seguir.

    1. Elaborar campanhas visando atender apenas às necessidades da empresa;
    2. Esperar a inspiração chegar para produzir conteúdo;
    3. Monitorar os resultados só no final das campanhas;
    4. Copiar a estratégia do concorrente;
    5. Ignorar a importância de conhecer o público-alvo;
    6. Não fazer um planejamento adequado;
    7. Acreditar que pode fazer todo o serviço sozinho;
    8. Não procurar ajuda de uma agência de marketing;
    9. Não definir os objetivos do negócio;
    10. Não ter periodicidade nas publicações;
    11. Não utilizar o potencial das redes sociais como canal de distribuição;
    12. Não qualificar e nem segmentar os leads;
    13. Pensar que o Inbound Marketing traz resultados rápidos (o retorno é lento, mas efetivo);
    14. Não promover o alinhamento entre os times de marketing e vendas;
    15. Realizar campanhas em excesso;
    16. Não gerar valor para o público.

    Reconheça o (imenso) potencial da internet

    Como você viu, a web é o principal ponto de encontro das pessoas que buscam soluções para seus problemas. Então, procure entender o que o usuário procura e facilite a vida dele. Entregue um conteúdo de excelência de forma bem atraente, como se estivesse oferecendo ao usuário um banquete cheio de comidas deliciosas.

    Produza materiais ricos para o blog da sua empresa, publique posts interessantes nas redes sociais, realize eventos, lance e-books e vídeos. Invista em pesquisas para identificar as melhores palavras-chave para gerar tráfego.

    É só assim que você transforma  um mero visitante em lead e, na sequência, em cliente. Lembre-se de que depois de conquistar um cliente e efetivar uma venda, é preciso continuar investindo no relacionamento para fidelizá-lo.

    E aí? Gostou de saber o que é Inbound Marketing? Essa estratégia vai modernizar as suas campanhas e otimizar os resultados do seu negócio. Pense nisso!

    Então, deixe aqui o seu comentário aqui para a gente, descrevendo como você pretende aproveitar este conteúdo!

    Acesse também a página inicial da Mobilizze – Agência de Marketing Digital em Brasília

    Cadastre-se conteúdos exclusivos!
    Compartilhe o post
    Vamos marcar um bate papo?
    Preencha os dados abaixo para agendarmos nossa conversa
    Marketing Digital alinhado à vendas

    Diagnóstico de marketing digital

    Para iniciarmos o diagnóstico precisamos de alguns dados.

    Obrigado pelo interesse em nosso diagnóstico!

    A partir dessas informações vamos
    fazer uma análise prévia sobre sua presença digital e lhe propor ações para o atual momento do seu negócio.

    Assim que finalizado seu diagnóstico, vamos entrar em contato para agendar uma reunião, ok?