Case de sucesso em Marketing Digital – The Blend House

Você conhece a sensação de apostar todas as fichas em um sonho? Nós conhecemos, e pudemos colaborar na construção desse sonho, que se chama The Blend House, e transformá-la, do zero, em um case de sucesso em marketing digital.
Em janeiro de 2017, recebemos na Mobilizze o sonho do Seu João. Com paixão e entusiasmo, ele nos contou que trabalhou por muitos anos com Tecnologia da Informação, teve uma empresa grande na área… mas sua verdadeira paixão sempre foi cozinhar, e sua vontade é de trabalhar com isso até o fim da vida. Ele escolheu que seu negócio seria de hamburgueres gourmet, que funcionaria por delivery, e nos deu a missão de fazer Brasília conhecê-lo.
Inspirados pela paixão envolvida no projeto, nós abraçamos a ideia e preparamos todo o conceito da marca e suas estruturas digitais. Inicialmente, foi criada todo o conceito e identidade visual da marca, incluindo nome, cores e logomarca. Em seguida, foi criado o site de e-commerce para a venda dos hamburgueres, com funcionalidades bem específicas de customização que ofereciam várias vantagens aos clientes.
A próxima etapa foi criar uma presença digital para a The Blend House nas redes sociais, com perfis e postagens frequentes no Facebook e Instagram, redes que mais dialogavam com o público visado para a marca. Outro trabalho fundamental para o marketing  foi o de anúncios pagos, no Google Ads e Facebook Ads, para aumentar a divulgação e alcance da marca.
Todo esse trabalho digital que desenvolvemos para a The Blend possibilitou um crescimento contínuo do negócio ao longo dos meses que a hamburgueria esteve com a agência. Para se ter uma ideia, no segundo mês que as estratégias estiveram rodando, após o período de maturação da campanha, houve um aumento de 7% nas vendas. Achou pouco? No mês seguinte  essa média cresceu 88%, e o negócio deslanchou no faturamento. Houve ainda crescimentos percentuais em outras áreas, como visualizações de página e geração de leads.
A The Blend House foi a prova de que um digital desenvolvido com cuidado e, principalmente, profissionalismo, pode trazer muito sucesso para uma empresa, sucesso esse notado onde mais importa: no faturamento!

Como a tecnologia pode atuar a favor do seu negócio?

Como gestor, saber administrar as ferramentas que estão ao seu alcance para aumentar a produtividade da sua equipe, a sua taxa de conversão de vendas e a sua projeção no mercado é essencial. Daí a importância de saber utilizar a tecnologia a favor do seu negócio: afinal, ela nada mais é do que mais uma ferramenta no seu arsenal.

Falar aqui sobre a importância da tecnologia no dia a dia seria uma verdadeira perda de tempo: a sua importância se faz evidente pela quase onipresença em tudo o que fazemos, não é mesmo? Vamos passar então para uma abordagem mais prática…. A seguir você, gestor, confere 5 formas pelas quais a tecnologia pode ser tornar um verdadeiro diferencial competitivo para a sua empresa:

1 – Maior eficiência na gestão financeira da sua empresa

Grande parte das empresas que fecham as portas com menos de dois anos de funcionamento são forçadas a isso justamente por problemas de gestão financeira. Investir em uma boa ferramenta de controle de custos é essencial na hora de te ajudar a gerenciar as contas da sua empresa e a lidar com os imprevistos do dia a dia – que sempre aparecem.

Um bom exemplo de ferramenta tecnológica para gestão financeira da sua empresa são os sistemas ERP, que permitem controlar em um só lugar – e à distância de um click – todas as movimentações da sua empresa: vendas, contas a pagar e a receber, contato com fornecedores, etc.

Um gestão financeira tecnológica vai permitir que você tome as decisões mais acertadas para o seu negócio, tendo como base informações concretas e sempre atualizadas.


2 – Burocracia em dia!

Uma das grandes dificuldades na hora de abrir e manter uma empresa é a grande carga de trabalho burocrático inerente à gestão. E também aí, mais uma vez, a tecnologia vem ao apoio dos gestores de plantão!

Um bom sistema informatizado vai permitir que a sua empresa se mantenha sempre em dia  com a burocracia, facilitando – e muito! – o serviço do seu departamento financeiro. Um ERP online, por exemplo, vai agilizar o processo de emissão de notas fiscais eletrônicas, garantindo rapidez no atendimento aos clientes e tranquilidade quanto aos tributos devidos.


3 – Impacto positivo nas vendas

A internet trás uma infinidade de recursos para aumentar as vendas da sua empresa. Pra começar a usufruir desses recursos, o primeiro passo é, certamente, definir de forma precisa a identidade da sua marca. Tenha clareza da imagem que você pretende transmitir aos seu público – e, igualmente, do público que você pretende atingir.

Mantenha perfis ativos nas redes sociais de maior interesse para o seu público: Facebook, Twitter, Instagram, LinkedIn, etc. Eles são parte essencial de um novo modelo de Marketing, mais tecnológico: o Marketing Inbound ou de Atração. Ele parte de um princípio bastante simples, mas fundamental em qualquer relacionamento: é preciso oferecer algo de significativo, na hora de conquistar seus clientes.

Por isso, invista em publicações nas redes sociais e blogs que sejam de real interesse para o seu público alvo, que permitam de fato acrescentar algo – indo além do marketing simplesmente focado no produto. E não hesite em empregar técnicas como SEO nessas publicações! Afinal, se bem empregadas, elas garantem um melhor posicionamento orgânico da sua página nos resultados de buscadores como Google, Yahoo e Bing.

Outra possibilidade para aumentar a visibilidade da sua empresa – e consequentemente, as suas vendas – é investir em campanhas pagas, do tipo Google Adword ou mesmo Facebook Ads.

É claro que ser visto é essencial, mas não é tudo: lembre-se de que é preciso converter os visitantes atraídos por essas publicações e anúncios em leads – isto é, em contatos com potencial real para venda. Uma boa forma de utilizar a tecnologia para aumentar a sua base de leads é oferecer promoções, e-books e ofertas diferenciadas em troca do preenchimento de um adastro.

Utilize os dados coletados nesse cadastro na hora de programar suas campanhas de email marketing. Para cuidar e acompanhar seus leads até o processo de conclusão da compra, também aí a tecnologia está do seu lado!


4 – Controle de estoques: tudo em um click!

Os seus estoques representam uma parte importante do capital investido da sua empresa – e justamente por isso, possuem um importante papel estratégico na gestão da sua empresa. Ao utilizar um ERP online, a sua equipe de vendas tem acesso aos números atualizados dos itens disponíveis para a venda, evitando eventuais desencontros de informação que poderiam danificar a imagem da sua marca junto ao cliente.

Os dados referentes à flutuação dos seus estoques podem ainda ser utilizados pela sua equipe de marketing, ajudando a identificar os produtos com maior demanda e aqueles produtos com menor saída, que merecem uma atenção especial – seja em promoção de vendas, divulgação, etc.

Da mesma forma, esses dados fornecidos pelo programa de controle de estoque do ERP vão ajudar a sua equipe a medir a eficiência das campanhas de marketing e ações de divulgação postas em prática, permitindo à sua gestão um melhor direcionamento dos recursos dessa área. É novamente a tecnologia permitindo que a sua empresa obtenha os melhores resultados, pelo melhor custo-benefício!

 

5 – Otimização do tempo da sua equipe

A internet é hoje o recurso tecnológico de maior importância, sem dúvida alguma. Dentre as principais vantagens que ela proporciona para a sua equipe estão a possibilidade de otimizar o tempo e o trabalho de todos os integrantes, graças a uma maior facilidade e rapidez na comunicação.

Um sistema ERP online, por exemplo, permite que cada departamento acesse as informações de que precisa, sempre atualizadas em tempo real. Além disso, um sistema de gerenciamento online vai permitir que você, gestor, acesse os dados da sua empresa de qualquer lugar do mundo, otimizando o seu tempo e agilizando o processo de tomada de decisões. É a tecnologia, novamente, como diferencial estratégico, permitindo que a sua empresa saia sempre na frente!

Produzido por Gabriela Vitória, do Gestão Click

E-mail Marketing ainda funciona?

O e-mail marketing é um canal relativamente antigo quando comparado às mídias sociais. Com a popularização do uso de plataformas como Facebook, Instagram e WhatsApp, é comum ouvirmos profissionais reclamando de sua eficiência e até decretando o seu fim.

Todavia, trata-se de uma estratégia de eficácia comprovada e que pode ajudar as empresas a captar e até mesmo fidelizar clientes. Pensando nisso, preparamos esse texto para explicar tudo o que você precisa saber sobre e-mail marketing. Acompanhe!

O que mudou no e-mail marketing?

Não há dúvidas que o uso excessivo por parte de alguns anunciantes gerou certa restrição ao modelo de comunicação. Antigamente, era comum a compra de base de e-mails e envios massivos para uma lista enorme de usuários — que nem sequer haviam tido qualquer interação com a sua empresa.

Nesse contexto, os próprios servidores de e-mail passaram a desenvolver tecnologias que cada vez mais bloqueiam os conteúdos irrelevantes para seus clientes. Em 2009, especialistas do setor desenvolveram o Código de Autorregulamentação do e-mail marketing, definindo boas práticas e éticas pertinentes para os envios.

Com as mudanças nas tecnologias e regulamentos, o e-mail teve seu papel modificado dentro do planejamento de marketing. Ele deixou de ser um meio de comunicação em massa e passou a atuar como ferramenta de relacionamento com usuários já cadastrados.

Existem dados atualizados sobre o canal?

Acreditamos que o e-mail marketing está mais vivo do que nunca, sendo fundamental para o desenvolvimento de uma estratégia digital. O grande mito de que o canal não funciona se deve às métricas bem baixas obtidas por empresas que não souberam utilizar a ferramenta corretamente.

Se você é um desses profissionais que ainda tem dúvidas sobre a eficácia do e-mail marketing, confira abaixo as estatísticas compiladas pelo site Impulso Digital:

  • o canal pode aumentar as vendas em 138%;
  • 68% dos profissionais que trabalham com marketing consideram o e-mail extremamente importante para os negócios;
  • 80% dos usuários de internet leem e-mails em dispositivos móveis;
  • e-mails são 40 vezes mais eficientes para a aquisição de clientes do que Facebook e Twitter juntos;
  • ao final de 2017, existirão 4,8 bilhões de contas de e-mail no planeta.

Como o e-mail marketing funciona?

Para entender o potencial que o e-mail marketing oferece, é fundamental conhecer o ciclo de conversão de um consumidor online.

Segundo a metodologia do Marketing de Conteúdo, o usuário passa por um funil de considerações até chegar ao cumprimento do objetivo desejado pela empresa, seja esse uma compra, uma solicitação de orçamento ou outro tipo de interação.

O funil é divido em 3 principais etapas de relacionamento com a empresa. São elas:

  1. topo: usuários que ainda não conhecem a empresa e não estão procurando nada sobre seus serviços prestados, mas já se interessam pelo tema abordado;
  2. meio: público que está considerando aprender ou testar novas soluções sobre o assunto da sua empresa;
  3. fundo: potenciais consumidores que já estão interessados em adquirir um produto ou serviço e estão à procura de mais informações para a aquisição.

A lógica do funil garante que o planejamento de marketing de uma empresa considere as estratégias necessárias para atingir o público em todas essas etapas, e cada parte do funil pode ser trabalhada com diversas ações e canais.

Antigamente, o e-mail marketing atuava para atrair usuários novos presentes no topo. Hoje, o meio é fundamental para as duas etapas seguintes que envolvem relacionamento e conversão.

Vamos detalhar, a seguir, alguns motivos que provam a eficácia da ferramenta para a comunicação, propagação da marca, engajamento, retenção de clientes e aumento das vendas:

Comunicação segmentada

Sua base de contatos pode ser segmentada em sexo, estado civil, aniversário, profissão, empresa etc. Com dados relevantes sobre seu público-alvo, é possível elaborar campanhas mais assertivas e voltadas a um determinado grupo de pessoas.

Os e-mails também podem ser personalizados de acordo com o comportamento do usuário no próprio site. As ferramentas de automação de marketing auxiliam na criação e gerenciamento dessas réguas de relacionamento com o cliente, visando engajá-lo ao seu conteúdo.

Desenvolver estratégias para grupos específicos, segmentados por características, desejos e necessidades garante o fluxo de nutrição desses usuários. Trabalhar a construção de credibilidade e fidelidade com um usuário é, dessa forma, fundamental para alcançar toda a potencialidade do e-mail marketing.

Crescimento do mercado mobile

Segundo pesquisas, em 2015, a penetração de smartphones no mercado brasileiro ultrapassou 90%. Nesse mesmo período, o número de acessos à internet por meio dos aparelhos móveis foi maior do que em desktops.

Um dos resultados desse crescimento foi o aumento da abertura de e-mails pelos usuários. A possibilidade de acessar a caixa de entrada de qualquer local aumentou a agilidade para o consumo desse tipo de conteúdo.

Aumento das compras na internet

Os consumidores estão cada vez mais exigentes e atentos na hora de comprar. De acordo com um estudo do SPC Brasil, 90% das pessoas com acesso à web realizam pesquisas na internet antes de fechar um negócio.

Diante desse panorama, as empresas estão utilizando o e-mail marketing como uma ferramenta estratégica de estímulo de compra, uma vez que os envios podem ser utilizados para a divulgação de ofertas e oportunidades da loja virtual.

Também é possível utilizar o canal para se comunicar com usuários que interagiram recentemente no site, oferecendo descontos para aqueles que abandonaram o carrinho de compras ou pesquisaram por determinados produtos dentro do e-commerce, por exemplo.

Mensuração de resultados

As plataformas de envio de e-mail marketing costumam ter o custo mais baixo que as de outras mídias online tradicionais. Os valores costumam levar em consideração a quantidade de contatos presente na lista e o volume de envios realizados por mês.

Qualquer investimento digital deve ser mensurado por meio de ferramentas como o Google Analytics — o que não poderia ser diferente com as campanhas de e-mail marketing. Os links presentes no material de divulgação devem ser tagueados para que, dessa forma, seja possível identificar dentro do site o volume de acessos recebidos e a taxa de conversão.

As próprias ferramentas de disparo também costumam disponibilizar métricas relevantes para o acompanhamento de resultados, sendo possível analisar dados de recebimento, abertura e cliques.

Uma estratégia interessante para impulsionar a performance dos envios é realizar testes A x B, comparando diferentes tipos de assuntos e formatos de conteúdo dos e-mails.

Como potencializar os resultados do e-mail marketing?

Para atingir resultados relevantes com o e-mail marketing, é preciso investir em ações para construir uma base qualificada. A principal alternativa é trabalhar com Marketing de Conteúdo e conquistar interessados em assinar sua newsletter ou acessar publicações exclusivas a usuários cadastrados, como videoaulas, webinars ou e-books.

Conforme, a regulamentação dos envios de e-mail marketing exige que práticas éticas sejam consideradas no seu planejamento. Sendo assim, apenas dispare conteúdo por esse canal para usuários que ofereceram seus dados para a empresa e concordaram em receber esse tipo de comunicação — o chamado opt-in.

Além disso, garanta que o e-mail enviado seja relevante para a etapa do funil de consideração em que o usuário se encontra. Personalize a comunicação de acordo com as informações que já possui desse potencial cliente.

Por fim, é fundamental que as empresas ofereçam ao público conteúdo relevante e não apenas estímulos para ações de venda, afinal, um público fidelizado é aquele que enxerga valor em suas ações, e não apenas as vê como uma simples relação comercial.

E você, como usa o e-mail marketing em sua estratégia digital? Deixe seu comentário e compartilhe conosco suas experiências!

Anúncio no Snapchat: o que vem por aí?

Com mais de 200 milhões de usuários ativos, o Snapchat se tornou uma “febre” entre os mais jovens. São 8.796 fotos compartilhadas por segundo!

A faixa etária de usuários está mudando. Agora, 38% dos usuários têm mais de 25 anos, o que acaba com aquela ideia de que o aplicativo tem como público-alvo apenas adolescentes.

Essa mudança contribuiu para uma mudança na plataforma: a possibilidade de fazer um anúncio no Snapchat.